sexta-feira, outubro 06, 2006

Dia Mundial do Professor

Ontem foi dia Mundial do Professor.
Para quem não conhece a história, esta comemoração neste dia de 5 de Outubro tem a ver com a Recomendação da Conferência Intergovernamental sobre a Condição Docente convocada pela UNESCO e realizada em 5 de Outubro de 1966, e que ainda hoje mantém muita da sua actualidade (em Espanhol). Foi entretanto actualizada com um anexo relativo ao ensino superior em 1997.
Tenho poucas certezas absolutas na vida, mas uma coisa me parece certa. Nunca haverá o dia mundial do professor Titular. Essa aberração economicista só serve para consumo de ministros e governos apostados em dividir, hierarquizar e economizar com uma profissão, que queiram ou não alguns individuos, é a mesma do início ao fim do seu exercício.
O núcleo duro desta profissão é a promoção das aprendizagens e do desenvolvimento pessoal e social dos alunos. Por isso qualquer avaliação de desempenho de um professor se deveria centrar nestas questões. Avaliação que deverá ser séria e rigorosa mas que nunca poderá estar subordinada a garrotes economicistas ou sobrevalorizando critérios laterais.
Um Bom professor deverá progredir até ao topo da carreira, não precisando de deixar de ser professor, exercendo outros cargos, para que lhe seja reconhecida o valor e a a progressão na carreira, nem ser obscurecida por critérios ultraburocráticos como os apresentados pela nossa equipa do ministério da Educação.
Adenda: Até nisto estes individuos demonstram o seu desprezo pela nossa profissão. Nos critérios para se aceder a provas públicas para titular, o que aparece como aspectos a valorizar é tudo aquilo que circunda o acto de ensinar: gerir a escola ou a formação, coordenar departamentos, supervisar, etc. O professor que se tenha circunscrevido e valorizado a sua missão mais nobre: o ensino, mesmo que a tenha desempenhado com uma qualidade inexcedível, é um óptimo candidato a ficar-se retido na barreira da "titularidade". Tristes tempos estes em que quem tutela a Educação é gente que despreza os professores.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial