sábado, setembro 23, 2006

Testa de porcelana

Sob o nome sugestivo de "Testa de ferro" acolhe-se o conceito de alguém que dá a cara em nome de alguém ou de alguma organização ou ideia, não sendo ela própria a autora moral ou material da "coisa" mas apenas aparente autora da mesma.
A palavra ferro faz pensar em algo duro, que se aguenta perante a adversidade, designadamente aquela que resultaria de alguém que pusesse em causa a autenticidade aparente da Testa de ferro.
Quando uma Testa de Ferro, perante uma pressão, que nem sequer seja muito forte, se desorienta e se desmorona, não deveria o nome passar para Testa de porcelana, por exemplo?
É verdade que nem todas as "testas" servem desígnios ínvios, tais como as testas "legais de certas máfias. Conhecemos todos aqueles casos de quem dá a sua cara para proteger outros que se encontram economicamente e politicamente desprotegidos face a poderes totalitários.
Mas há testas de porcelana que merecem ser retiraradas do envólucro felpudo em que as têm protegidas. Principalmente aquelas cujas causas são hipócritas e cuja aparência assenta na mentira e no jogo sujo.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial