terça-feira, março 11, 2008

Se o ridículo matasse...

Ouvi hoje o secretário de estado Jorge Pedreira dizer, a propósito da proposta do seu camarada António Vitorino de haver um período de experimentação para o processo de avaliação de professores, que "não se deveriam mudar as regras a meio do jogo". Ora todos os professores sabem que essa foi uma das trapalhadas, e não das menores, em que incorreu todo este processo. Pedreira só pode querer enganar quem não conheça as coisas.
Se o ridículo matasse Pedreira tinha sido fulminado.

3 Comentários:

Blogger Maria Lisboa disse...

Reunião de hoje com o ME

http://www.fenprof.pt/?aba=27&cat=34&doc=3201&mid=115

1:02 da manhã  
Anonymous Peixoto disse...

Mas, quem liga ao que o Sr. Rangel escreve???

1:21 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

O secretário de estado, qualquer que seja o assunto que aborde, pelo menos com difusão televisiva,aparece sempre com um interminável aspecto de infeliz...de quem carrega um pesado fardo,já sem vida...
Coitadinho...

1:37 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial