terça-feira, abril 11, 2006

O insucesso escolar em números...

"A cultura da nossa sociedade parece tolerar com demasiada facilidade, ou mesmo com uma fria indiferença, o facto de, anualmente, o sistema educativo português "chumbar" cerca de duzentos e cinquenta mil alunos"
A citação anterior foi retirada de um parecer sobre a avaliação formativa, ainda em fase de trabalho, elaborado por Leonor Santos e Domingos Fernandes para a Associação de Professores de Matemática (consta do site da APM). O conteúdo deste parecer de trabalho parece-me muito interessante e todos aqueles que se interessam sobre Educação, principalmente por dentro, encontrarão nele largos motivos de reflexão. Por mim, deixo algumas das minhas interrogações:
-perante estes números e outros que conhecemos, onde está o verdadeiro "facilitismo" que muitos apregoam existir no nosso sisema educativo, e que se constitui como a "verdadeira causa" dos males da educação moderna?
-quem serão os alunos por detrás destes números? Não estará na sua "tipologia" a razão da atitude tolerante ou mesmo fria da nossa sociedade?
-avançar números globais sem a discriminação que propús na pergunta anterior, ou sem avançar com interpretações críticas para com este fenómeno, não será contribuir pouco para a resolução do problema? Acrescento que não faço esta acusação aos autores do documento citado, mas é esta uma forma recorrente de colocar o problema, designadamente pelos políticos de turno. Quantas vezes, e temos exemplos bem recentes, como acusação virada para com um dos actores da Educação: hoje os professores, ontem os alunos, amanhã os pais?

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial